Comunicação Gestão de Pessoas

Saiba como usar a cultura empresarial para motivar funcionários

Escrito por Macro Plataforma

Ter uma boa cultura empresarial e que faça parte da rotina das organizações deixa os funcionários muito mais motivados. Esse é um assunto que vem ganhando grandes proporções no mundo corporativo, pois somente as empresas com equipes fortemente engajadas conseguem se destacar em um mercado a cada dia mais competitivo e inovador.

Porém, o importante não é somente elaborar uma cultura empresarial com políticas e metas efetivas, mas também garanti-la por meio de uma comunicação clara em que todos compreendam a visão e missão da instituição. Além disso, a avaliação do candidato desde os processos seletivos do RH é primordial para que sejam admitidas pessoas com valores semelhantes aos da empresa — e que, por isso, se sintam mais estimuladas e alinhadas com a companhia.

Se você quer saber melhor a respeito da cultura empresarial e como ela é importante para motivar os funcionários da empresa, continue lendo este texto!

O que é cultura empresarial?

A cultura empresarial é o conjunto de costumes e crenças definidos por meio de regras, valores, condutas e expectativas divididas por todos os integrantes da empresa. Podemos dizer que é a maneira regularizada de pensar e agir que diferencia uma companhia das demais organizações.

A base da cultura empresarial é manifestada de acordo com a forma que são realizados os negócios, a forma de relacionamento com os clientes e colaboradores, nível de autonomia ou independência existente entres as filiais e o grau de fidelidade dos funcionários com a empresa.

Qual é a importância da cultura empresarial?

  • transforma o ambiente, trazendo mais objetividade, produtividade e sintonia das ações dos colaboradores;
  • deixam claras as expectativas da empresa com relação às atitudes e entregas da equipe;
  • determina como as atividades serão desempenhadas, diminuindo as incertezas no ambiente de trabalho;
  • motiva os funcionários, entre outras.

Quais são níveis da cultura empresarial?

A cultura empresarial é composta por três níveis, veja!

Artefatos 

É o grau perceptível da cultura, mas não é a única maneira de cultura da empresa. Exemplo: objetos decorativos de uma organização.

Crenças e valores adotados

São os principais valores que a equipe acredita ser importante e que devem ser compartilhados, como estratégias e princípios.

Suposições básicas

Trata-se das convicções inconscientes dos integrantes da empresa, assumidas como verdade, e é considerado o nível mais importante já que a estabilidade intelectual é primordial para o sucesso. Exemplo: sentimentos e crenças.

Quais são os tipos de cultura empresarial?

Culturas adaptativas

Culturas flexíveis, voltadas para a inovação e transformação. Realizam várias correções e atualizações e são definidas pela criatividade. É o equilíbrio entre a necessidade de alterações e a garantia da identidade da empresa.

Culturas conservadoras

Mantém as ideologias, preceitos e hábitos que se conservam enraizados e não se modificam com o decorrer do tempo. São as empresas conservadoras e que não se transformam, permanecem como se nada acontecesse ao seu redor.

Culturas fortes

Os valores são compartilhados profundamente por quase todos os colaboradores e interfere nos comportamentos e expectativas.

Culturas fracas

É o tipo de cultura que é modificada facilmente. Exemplo: uma empresa nova no mercado e altera a sua cultura com a intenção de simplificar a gestão.

Quais as vantagens de ter uma cultura empresarial eficaz?

A cultura proporciona o ambiente ideal para que a empresa se desenvolva e tenha uma equipe engajada e seja bem-sucedida. As principais vantagens, são:

  • equipe motivada — os colaboradores que se identificam com a missão se tornam muito mais interativos;
  • time satisfeito — quando os funcionários trabalham em uma empresa que possui os mesmos valores que os seus eles se sentem mais contentes;
  • funcionários mais produtivos — colaboradores mais satisfeitos produzem mais;
  • redução do turnover: quando os princípios da empresa estão alinhados com a habilidade de seus funcionários o índice de rotatividade das pessoas que saem das organizações diminui bastante.

Como elaborar a cultura da empresa?

Primeiramente é preciso entender quem é a empresa. Para essa identificação, você precisa avaliar a missão, visão, valores, métodos e ações. Caso sua empresa ainda não tenha, essa é a hora de criar! Depois disso, você deve seguir os seguintes passos:

  • reúna as pessoas que conheçam a história da empresa;
  • estipule a missão da empresa, o público-alvo, os produtos e serviços prestados, a solução oferecida para o mercado e o diferencial do negócio;
  • corrobore o significado de cultura empresarial e seus níveis e certifique-se que todos entenderam e partilham de uma única visão e do porquê estão ali;
  • reconheça e enumere os artefatos, como: vestimenta, formalidade com os chefes e horário de trabalho;
  • estabeleça os comportamentos valorizados pela empresa e quais não serão permitidos;
  • compare os artefatos analisados com os valores reconhecidos como esperados;
  • verifique quais são os sentimentos existentes na empresa. Se for encontrado algum sentimento que esteja atrapalhando a cultura da empresa, esse elemento deve ser mudado;
  • formalize e deixe todos os colaboradores cientes sobre essa cultura.

Como ter uma cultura empresarial efetiva?

Adotar alguns procedimentos e respeitar as regras é essencial para manter a efetividade da cultura empresarial. Além disso, é preciso que os líderes estejam sempre empenhados em conservar essa cultura na mente de todos os colaboradores. A seguir vamos falar sobre algumas estratégias que podem ser implementadas. Confira!

Recrute os profissionais certos

O alinhamento dos colaboradores com a cultura da empresa é fundamental para a satisfação dos dois lados (empregador e empregado), além de influenciar diretamente na motivação e resultados. Por isso é importante avaliar se esse alinhamento existe no momento da realização do processo seletivo.

É essencial contratar uma pessoa que possui um bom desempenho, mas que principalmente esteja em conformidade com a cultura empresarial e que goste do que faz.

Para isso, delimite o perfil do profissional ideal para trabalhar na empresa e os comportamentos desejados. No momento da seleção fale a respeito da cultura da empresa, como é o ambiente laboral, as técnicas exigidas para os cargos, as metas estabelecidas etc.

É necessário identificar o que o candidato realmente gosta e é preciso ter bastante atenção para não ser enganado por pessoas que simulam um entusiasmo só para conseguir a vaga.

Uma forma de evitar esse tipo de engano é avaliando a situação, ação e resultado, assim é possível perceber se o candidato está falando a verdade ou não.

Você também pode fazer algumas perguntas:

  • Qual o tipo de cultura empresarial o candidato acha ideal?
  • Por que quer trabalhar na empresa?
  • Quais valores acha importante no ambiente de trabalho?

Realize um treinamento de cultura com o novo colaborador

Assim que o profissional é admitido, transmita a cultura da empresa imediatamente por meio de treinamento que tratará todas as informações necessárias. Dessa forma, você demonstrará a importância da cultura para a empresa.

A interação e a incorporação dos novos colabores também é fundamental para formar uma equipe fortalecida e de sucesso. Essa incorporação pode ser feita de várias maneiras, por exemplo, a empresa pode adotar canais de comunicações que facilitem a comunicação entre os funcionários e ajudar com que a integração com a equipe seja mais rápido.

Dê feedbacks individuais e faça reuniões em equipe

Adote uma ação em que toda a liderança marque reuniões semanais com cada membro da equipe. Nessa reunião, conversem sobre as situações ocorridas na semana, o que está bom, o que precisa ser melhorado e o que espera para os próximos dias. Aproveite a oportunidade para falarem sobre os pontos positivos e negativos reconhecidos na pessoa.

É importante também realizar reuniões com a equipe junta. Nessa reunião vocês também podem discutir sobre os valores analisados em toda empresa e apontar os valores desejados e indesejados, além de compartilhar as conquistas e resultados profissionais de cada colaborador perante o grupo.

Informe sobre a demissão por não se adaptar à cultura da empresa

Caso o colaborador não se adapte à cultura da empresa e houver o desligamento por esse motivo, deixe bem claro para ele que esse tipo de atitude não é admitido. Na comunicação para a equipe, é importante não desmerecer o profissional e sim demonstrar a importância do alinhamento à cultura para a empresa.

 

Viu como a cultura empresarial é importante? Uma empresa que tem valores bem alinhados e compartilhados com toda a equipe consegue aumentar os impactos positivos aprimorando a qualidade do ambiente de trabalho, e traz mais agilidade, produtividade e harmonia entre toda equipe e o sucesso é garantido.

Como está a cultura empresarial do negócio que você gerencia? Ela é incitada e entendida por todos? Se você gostou desse texto, siga as nossas páginas nas redes sociais e acompanhe todas as nossas atualizações e compartilhamentos. Você pode nos encontrar no Facebook e também no Instagram!

Sobre o autor

Macro Plataforma

Deixar comentário.