Gestão de Pessoas

RH estratégico — O caminho para tornar o setor menos operacional!

Escrito por Macro Plataforma

Os anos passam e os costumes mudam. Isso ocorre em todos os âmbitos da sociedade e, inclusive, dentro das empresas. Por esse motivo, é preciso desenvolver o RH estratégico, o qual, juntamente com a cultura organizacional, deve sempre se renovar e acompanhar a evolução dos pensamentos e das formas de agir dos colaboradores.

Idalberto Chiavenato, um dos mais conceituados estudiosos da Administração, prega a ideia de que são as pessoas que fazem parte de uma empresa, sendo este o principal fator para a organização cumprir a sua missão e os seus objetivos.

Nesse contexto, o setor de Recursos Humanos tem um papel importante, uma vez que é essa área da empresa a responsável pelo relacionamento entre a alta cúpula administrativa e todas as demais esferas do quadro organizacional.

Para que você entenda mais sobre o assunto, desenvolvemos este post que apresenta o RH estratégico, explicando o que ele é, por que é relevante e como pode ser desenvolvido na sua empresa. Ficou interessado? Então, acompanhe a leitura e saiba mais!

O que é o RH estratégico?

O termo RH estratégico surgiu ainda na década de 80, em um artigo publicado na revista Scielo. De acordo com a referida publicação, essa modalidade de RH acontece quando esse setor deixa de ser operacional e assume um papel mais estratégico dentro da empresa.

Antes desse conceito, era comum o setor de Recursos Humanos ser mais focado na atividade de departamento pessoal, controlando a quantidade de horas trabalhadas e administrando a folha de pagamento dos funcionários, por exemplo.

No RH estratégico, isso ainda acontece, porém de forma mais planejada, com um objetivo a ser cumprido. Em vez de apenas controlar a entrada e saída dos colaboradores da organização e puni-los em casos de atraso, por exemplo, no RH estratégico é desenvolvido um trabalho para orientar e educar os funcionários, alertando sobre a importância de um bom profissional cumprir suas obrigações e não se atrasar no trabalho.

Assim sendo, o trabalho do RH estratégico deve ser sempre planejado e pensado em consonância com as outras áreas da organização.

Por que desenvolver o RH estratégico?

O principal motivo que uma empresa tem para desenvolver o RH estratégico é o fato de que o gestor de Recursos Humanos ficará a par das necessidades de outras áreas da organização. Isso é relevante para que certas ações sejam colocadas em prática a fim de que as metas da instituição sejam atingidas.

Se uma indústria precisa aumentar a sua produção em 50% no período de 6 meses, por exemplo, em vez de apenas contratar mais pessoal, o gestor de RH pode propor estratégias com o objetivo de motivar os funcionários para que eles fiquem mais engajados e produzam mais, como a idealização de um programa de benefícios.

Além disso, o RH estratégico contribui para a constituição da cultura organizacional, sendo que as ações desenvolvidas devem ser sempre embasadas nesses preceitos. Dessa forma, nos processos seletivos para contratar novos colaboradores, as ações estratégicas já devem ocorrer, visando a que sejam admitidas apenas as pessoas que se enquadram na filosofia da empresa — o que contribui significativamente para resultados positivos.

Como implantar o RH estratégico em uma empresa?

Para implantar o RH estratégico, não existe uma fórmula mágica ou uma receita de bolo. Afinal, trata-se de um processo sistêmico e que precisa ser trabalhado no dia a dia da empresa, algo a ser incorporado em seu DNA.

No entanto, algumas boas práticas diárias podem contribuir para que o setor de Recursos Humanos se torne mais estratégico e se aperfeiçoe cotidianamente. A seguir, listamos as principais dessas ideias para que você possa desenvolvê-las na sua empresa. Confira!

Tenha um canal de comunicação com o colaborador

Conforme denota a pesquisadora de Relações Públicas Cleuza Gimenes Cesca, em seu livro “Comunicação dirigida escrita na empresa”, a comunicação empresarial deve ser uma via de mão dupla, ou seja, é necessário ter canais em que as mensagens são emitidas, mas também nos quais se recebe retorno dos colaboradores.

Os antigos murais dispostos nos corredores das organizações ainda podem ser utilizados, mas não devem ser uma exclusividade no que se refere à comunicação, por exemplo. Por meio da internet e de outras tecnologias, é possível implantar programas e canais em que a comunicação entre RH e colaboradores seja realmente eficiente.

Desenvolva a cultura organizacional

A cultura organizacional inclui a missão, a visão e os valores da organização. Por esse motivo, o movimento da cultura da empresa ocorre de cima para baixo, partindo da presidência ou da gerência e sendo repassada aos colaboradores.

A cultura organizacional é cada vez mais valorizada, sendo que até mesmo as contratações são embasadas nesses preceitos. Em vista disso, é preciso que os trabalhadores compreendam e se apropriem da cultura da empresa, que deve ser sempre incentivada por meio de canais e programas de comunicação.

Pratique o endomarketing

O endomarketing é um conceito que preza pelo bom relacionamento entre empresa e colaboradores. Por meio de ações de comunicação, possibilita uma maior atuação do setor de Recursos Humanos no que se refere ao gerenciamento de pessoal.

Wilson Cerqueira é um estudioso do endomarketing e autor do livro “Endomarketing: educação e cultura para a qualidade”. Nessa obra, ele enfatiza a importância dessa prática para que todas as áreas da empresa atinjam a qualidade por meio das estratégias, o que inclui o setor de RH.

Promova a gestão estratégica

A última dica para desenvolver um RH estratégico é fazer com que toda a gestão da empresa siga esses preceitos, apostando em um estilo de liderança que esteja preocupado com as políticas sólidas da organização.

Quando todos pensarem e agirem estrategicamente, haverá a otimização do tempo, a diminuição do retrabalho e do turnover, entre outros resultados positivos.

Agora você já conhece um pouco mais sobre o RH estratégico. Então, vai adotar essa metodologia na sua empresa? Apostamos que será uma atitude muito benéfica e que trará um ótimo retorno para o seu negócio.

Quer acompanhar mais artigos interessantes como este? Siga-nos nas redes sociais: estamos no Facebook e no LinkedIn!

Sobre o autor

Macro Plataforma

Deixar comentário.